Hoje falaremos de uma tendência que já é destaque entre os principais projetos de decoração: os revestimentos em 3D. Esse tipo de revestimento passou a ser muito utilizada por sua versatilidade, uma vez que combina com uma ampla variedade de ambientes e estilos de decoração. Além disso, ambientes grandes ou pequenos podem se beneficiar de maneiras diferentes com esse tipo de revestimento, uma vez que o volume criado pelos materiais utilizados cria uma infinidade de efeitos super interessantes.

O revestimento 3D é uma nova tendência na decoração de interiores e uma ótima opção para quem quer dar um toque moderno para a casa. Vendido em placas, este tipo de material consegue adicionar uma dimensão extra às paredes, sendo ainda muito versátil e comercializado em vários formatos, tamanhos, tipos de volumetrias.

E não há limites de cômodos em que estes revestimentos podem ser aplicados, pois existem modelos adaptáveis para salas, quartos, banheiros, cozinhas e áreas externas. Com aplicação simples, os revestimentos 3D conseguem ainda dar a sensação de movimento e profundidade a um espaço, sendo uma alternativa aos tradicionais papéis de parede.

Para te ajudar a conseguir ótimos resultados com este tipo de revestimento, o Arq!ambiente preparou uma lista com algumas dicas importantes de aplicação para cada ambiente. Fique ligado!

Onde usar o revestimento 3D

Devido a sua grande versatilidade, esse tipo de revestimento pode ser utilizado em todos os ambientes da casa, inclusive nos mais úmidos como no banheiro e no lavabo. Quem vive em espaços pequenos também pode se beneficiar bastante desse tipo de efeito, uma vez que o 3D cria uma sensação de volume que dispensa o uso de muitos móveis no ambiente. Assim é possível ampliar o espaço disponível e evitar que áreas de circulação fiquem obstruídas.

“Nas salas os revestimentos 3D podem ser utilizados em todas as paredes ou apenas em uma, criando um ponto de destaque em sua decoração. Uma ótima dica é aplicá-los na parede atrás da TV ou atrás do sofá, que geralmente são pontos de maior atenção em qualquer projeto de decoração.”

Aplicação de revestimento 3D em Salas de Estar

Na sala, o revestimento 3D pode ser o toque que faltava para deixar o ambiente ainda mais moderno e sem sobrecarregar a decoração.

“Trabalhar com o 3D significa ter a possibilidade de aliviar o espaço em relação à quantidade de móveis, conferindo o efeito de volumetria ao ambiente sem comprometer a circulação daquele local”

Aplicação de revestimento 3D na parede da TV

Quer fugir do painel de madeira ou do papel de parede? Vai de revestimento 3d. Ele requer um pouco mais de planejamento, pois tem que deixar os fios preparados para receber a tv e deixar tudo escondidinho.

Aplicação de revestimento 3D em Salas de Jantar

A sala de jantar é sempre um cômodo preferido para seguir tendências, e por isso uma parede com revestimento 3D pode ser uma solução para criar um ambiente moderno. Além do revestimento, a sala ainda ganhou uma parede de espelhos que garante ampliação do ambiente e ainda  reflete o revestimento, dando impressão de que a área coberta é maior. Vale lembrar também que o mix entre textura e espelho são ótimas combinações.

Aplicação de revestimento 3D em Quartos

Para quem pretende mudar a decoração do quarto, o revestimento 3D é uma ótima pedida para fugir do papel de parede. E para se atingir um efeito ainda mais bonito, é muito importante dar atenção à iluminação presente no cômodo.

“A iluminação consegue causar sensações diferentes e principalmente trazer a percepção de tridimensionalidade que o revestimento apresenta. Quando há uma iluminação focada, por exemplo, você tem nuances e cria um efeito de luz e sombra. Leve em consideração, também, o tamanho e a iluminação do cômodo, pois quanto menor ou mais escuro, mais suaves devem ser os movimentos 3D dos revestimentos para não ficar cansativo nem gerar a sensação de confinamento”.

Aplicação de revestimento 3D em Cozinhas

Na cozinha, o ideal é utilizar o revestimento 3D de PVC. 

“Este tipo de material pode ser molhado e ainda tem a vantagem de ser aplicável por cima dos azulejos”, esclarece a arquiteta. “Minha dica principal é usar e criatividade e criar efeitos incríveis. Escolha o que mais combina com você e transforme, renove, traga um novo visual e elementos a sua decoração”

Aplicação de revestimento 3D em Banheiros

No banheiro, assim como na cozinha, o revestimento 3D mais indicado é o de PVC.

“O desenho das peças deve ser proporcional ao tamanho do espaço a ser usado, porque se a parede onde será aplicado for pequena, o material terá que ter repetições com formatos menores. Já se o espaço for amplo, você pode utilizar peças com formatos de desenhos mais alongados e diferenciados”

Tipos de materiais disponíveis 

Como falamos anteriormente, existem uma série de materiais que podem ser utilizados para criar o efeito 3D em um revestimento. Esses podem ser:

  • cimentícios;
  • em madeira;
  • em gesso;
  • em pedra;
  • em aço.

Cada um deles deve ser aplicado de maneira diferente, portanto o mais indicado é procurar um profissional para que tudo ocorra conforme o planejado. Também estão disponíveis no mercado as placas prontas de gesso, que permitem criar o efeito 3D com muito mais facilidade, uma vez que podem ser aplicadas na parede utilizando argamassa, como se fossem azulejos comuns.

Viu só como os revestimentos 3D podem transformar a sua casa? Esperamos que você tenha gostado dessa dica.

E não deixe de curtir e compartilhar a nossa página nas redes sociais, certo?

Um grande abraço e até o próximo post!